skip to main content
Archive stamp

Jean Lambert London's Green MEP

Brexit e o meio ambiente

Fazer parte da União Europeia foi essencial para a proteção ambiental. Afinal, os impactos das alterações climáticas, da poluição e do esgotamento dos recursos não são contrariados pelas fronteiras entre os países. A fim de combater esses problemas de forma eficaz, precisamos de uma resposta transfronteiriça robusta.

Da proteção da vida selvagem à eficiência energética, da preservação marinha ao combate à poluição atmosférica, a UE foi responsável pela criação de medidas para manter o nosso ambiente limpo e saudável.

A decisão do Reino Unido de sair da UE levou a um período de profundas incertezas para o meio ambiente. Tal representa, como a co-líder do Partido Verde Caroline Lucas definiu, um “cocktail de riscos” para o meio ambiente no Reino Unido.

Após o Brexit, haverá uma oportunidade muito maior para alcançar mudanças legislativas no Reino Unido, que constituirão uma ameaça às normas ambientais arduamente conquistadas. Precisamos de garantir que as leis ambientais do Reino Unido se mantêm abrangentes e que são executadas corretamente. É crucial que o governo continue a disponibilizar verbas para projetos ambientais. Além disso, é necessário termos a certeza de que os padrões comerciais serão mantidos. No seu ímpeto para assegurar novos acordos comerciais, precisamos de garantias que os ministros não atenuarão as regulamentações relativas aos perigos de OGM, pesticidas, segurança alimentar e bem-estar animal.

É fundamental que as proteções ambientais que conquistámos com tanta dificuldade não sejam prejudicadas.

Por esse motivo, o Partido Verde está a reivindicar uma “Garantia Ecológica” , de modo a assegurar que os níveis atuais de proteção ambiental e financiamento são mantidos e fortalecidos. Também estamos a reivindicar a elaboração de uma nova Lei Ambiental antes da saída do Reino Unido da UE, bem como, e ainda mais importante, a permanência do Reino Unido como membro nas principais agências europeias, nomeadamente a Agência Europeia do Ambiente e a Agência Europeia de Produtos Químicos.

Leia mais sobre as prioridades do Partido Verde para o Brexit e o meio ambiente no relatório de Caroline Lucas “Exiting the EU, not the environment” (Sair da UE, não do meio ambiente).